Silvio Ferreira
Silvio Ferreira

Meu nome é Silvio Ferreira. Esse texto é apenas um resumo da minha história. Vou começar a partir do ponto que eu já tinha um livro já escrito (toda a parte onde eu tentava escrever, estava travado e abandonei muitos projetos irei deixar para contar em outra oportunidade).

Em 2003 lancei o meu primeiro e-book. Mas as vendas foram muito inferiores ao esperado. Na verdade foi um fracasso total.

Meu objetivo era escrever livros para vender. Como as vendas do e-book estavam ruim resolvi partir para os livros impressos. Fiz minha primeira impressão de livros por conta própria. Foi aí que meus problemas começaram pra valer. Eu não tinha experiência e nem bagagem nenhuma nessa área tão específica, competitiva e cruel com iniciantes. Vender livros impressos e e-books é uma área muito específica. Ou você tem experiência direta com essa área (marketing para a área editorial) ou você não tem. E eu não tinha experiência nenhuma.

Então, eis que me veio a ideia de investir em cursos e treinamentos, eu precisava estudar. Nessa época cursos de marketing digital estavam pipocando no mercado. Só que nenhum curso era específico para o mercado de livros impressos e e-books. Não haviam cursos que pudessem prover conhecimento de marketing e marketing digital para o setor editorial. Por isso, fracassei mais uma vez e ainda por cima gastei dinheiro com muitos cursos. Nesse momento cheguei a conclusão que o melhor seria arregaçar as mangas e ir à luta. O aprendizado viria com a própria experiência do dia a dia.

Resolvi pegar um pequeno lote de livros impressos e ir vender de porta em porta. Sim, acredite, eu fiz isso! Tive que ir em umas 80 casas para finalmente vender 2 unidades. Com quatro horas de trabalho eu só tinha vendido 2 unidades, estava exausto, com fome e com sede. A conclusão mais óbvia: vender dessa forma não iria dar lucro, não daria certo.

Eu estava literalmente no fundo do poço: desempregado, sem dinheiro e meus produtos não vendiam. Mas a minha força de vontade e minha fé não me deixavam desistir. Continuei estudando tudo que eu podia e em 2004 escrevi mais dois e-books. E qual foi o resultado? Poucas vendas e resultados paliativos. Tudo caminhava para um fracasso total. Já estava quase desistindo de meus sonhos.

Eis que em 2005 tive uma idéia que poderia resolver meus problemas de vez. Resolvi tentar lançar meus livros através de alguma editora. E em 2005 consegui lançar meu primeiro livro através de uma editora. Em 2006 mais um, em 2008 mais três, em 2009 mais sete… Uau agora sim meus problemas estavam resolvidos correto? Errado! Engana-se quem pensa que editoras serão o grande “pulo do gato”, o “divisor de águas”. Nessa época tive tantos problemas quanto soluções.

Primeiro porque ocorreu dessa época o Brasil entrar em uma crise editorial. Livrarias vendiam e não repassavam o dinheiro para as editoras e as editoras por sua vez davam o calote no autor. Ganhei um bom dinheiro com essa primeira editora, mas, em um determinado momento ela fechou as portas e eu levei um calote de mais de R$10.000,00.

Segundo porque depois que a minha primeira editora fechou as portas, fechei contrato com uma segunda editora. Com essa segunda editora ganhei um dinheiro legal também, porém, o contrato deles eram de “compra de texto”. Eu recebia um valor fixo por cada livro lançado e automaticamente eu não tinha mais nenhum direito autoral sobre os meus livros. Nessa “brincadeira” perdi o direito sobre diversos livros meus.

Eu tinha que fazer uma escolha: continuar com as editoras e receber pouco e perder o direito sobre meus livros ou partir para novas empreitadas.

Mas eu ainda tinta muitos fantasmas que me cercavam: o medo de lançar livros e falhar, a falta de conhecimento editorial (marketing e marketing digital para livros impressos e e-books), pouco dinheiro para investir, eu achava que e-books era um tipo de produto que não “servia” para vender, eu não sabia por onde começar e por aí vai.

Mas nessa época eu tinha algo a meu favor: fiz muitos contatos com pessoas da área. Pessoas que ganhavam dinheiro especificamente com livros e e-books. Então não tive dúvidas: voltei com tudo para meus próprios negócios de e-books e livros impressos.

Estudei muito, mas dessa vez estudei de forma correta. Usei meus contatos editoriais e o pouco de conhecimento que já tinha absorvido e desenvolvi o meu próprio modelo de negócios. Os resultados vinham de forma paliativa, ou seja, os livros impressos ou e-books vendiam bem no início, mas, depois decaíam em vendas.

Enfrentei toda a crise dos livros. Aprimorei o trabalho, aprendi com os erros e acertos. Remodelei o modelo de negócio várias vezes. E Hoje, já bem calejado, finalmente tenho um modelo de negócios que funciona. Melhorado, corrigido, aprimorado, testado e aprovado. É um modelo de negócios que funciona porque hoje vivo exclusivamente de livros impressos e e-books. E esse modelo de negócio se chama Academia do Livro.

O treinamento Academia do livro é fruto desses meus 15 anos de experiência. É onde vou ensinar você, passo a passo, só o que funciona. O que funciona de verdade para e-books e livros impressos. E quando eu digo funciona me refiro principalmente a gerar renda. O Academia do livro é o treinamento para escritores, autores e empreendedores digitais. É fazer e viver aquilo que mais amamos.

Atualmente trabalho com treinamentos online e negócios digitais, tenho mais de 28 livros (de minha própria autoria, fora os e-books) lançados e centenas de livros publicados (de outros autores) no catálogo da minha Editora. Tenho uma editora onde trabalhamos exclusivamente com vendas na internet. Além de e-books de minha autoria, treinamentos e cursos online que visam ajudar as pessoas a construir negócios de sucesso.

Tags: | | | | |

0 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *